Arquivo | confiança RSS feed for this section

E quando bate, bate!

25 nov

Oi galera!

Hoje to, sei lá! haha –  boa definição Glaucia!

A carência tá batendo e a vontade de ter alguém também. Eu sempre fui solteira, (já falei aqui antes, nunca namorei!) e sempre soube viver muito bem minha solteirisse. Curto até o último segundo de festas e até então adorava o fato de não ter que dar satisfação a ninguém e poder fazer o que eu quisesse. Só que ultimamente, a vontade de dar satisfações a alguém, a vontade de querer “cuidar” de alguém, até a vontade de brigar com alguém está forte.

Não, eu não sou insensível e sem sentimentos por isso nunca namorei…pelo contrário, já fui mais apaixonada do que algumas amigas minhas que sempre namoraram…é que diferente delas, eu preciso estar gostando muito (muito mesmo) de alguém pra namorar e eu analiso váarios fatores, não namoro apenas para ter alguém pra me dar “presente de dia dos namorados”. Eu quero um  companheiro, alguém que esteja presente na alegria e na tristeza (haha, clichê), alguém que me apoie e queira estar comigo, exclusivamente comigo, e olha, tá difícil – de alguém me querer e de eu querer alguém – é sempre aquela maldita regra: só gosto de quem não gosta de mim mimimi…

Porém, eu sei espero que não vai ser assim para sempre. Ainda não bateu aqueeeeeela afinidade com ninguém, aquele click, e eu sei que uma hora vai bater. Se não bater, eu me basto. Sempre acreditei que eu não preciso de ninguém para ser feliz. Acho que é muita responsabilidade atribuir a sua felicidade a outra pessoa. Você ter que ser feliz sozinha, a pessoa ter que compartilhar dessa felicidade com vc. Odeio quando vejo os casaizinhos falando – sem você eu não vivo, oh!- ou até mesmo – o que será de mim sem você – porra, o que era de você antes da pessoa, vc era uma planta? não saia, não bebia, não comia, não curtia?

Enfim, agora eu moro sozinha. Me sinto mais madura do que muita gente, tenho responsabilidades que pessoas mais velhas não tem, porém eu não tenho a experiência (amorosa) que muitas pessoas mais novas tem! 

Não, isso não é um apelo do tipo “namore comigo, por favor, obrigada.”  Não é. É apenas um desabafo mesmo, porque hoje eu vejo ser “forte e independente” já não está mais me satisfazendo, e eu queria alguém para me completar. Cansei, cansei mesmo de ficar por ficar (tá não cansei taaanto assim, eu ainda gosto de “piriguetar” ) hahahaha – mas eu creio fielmente de que tudo na vida tem seu tempo. TUDO. Não adianta forçar uma situação, pq, convenhamos, seria um namoro de três semanas, no máximo. E, né, vou levando a vida – Deixa a vida me levar, vida leva eu! – e vou esperar a metade da minha melância laranja aparecer! hehe

Boooom, como já falado anteriormente, isso foi só um desabafo!

Um beijão e alegriaaaa, amanhã já é SEXTA! ( eu AMO, sextas-feiras)

p.s. – Hoje tem inauguração do Country Beer, em São Caetano… eu vou! Se alguém daqui for, me avisa!! Beijos!

Anúncios

Confiança e afins.

16 set

Dia desses eu tava pensando: poxa, ta difícil namorar hoje em dia né? Eu que o diga.

Eu nunca namorei. Nunca mesmo. O máximo de tempo que eu fiquei com alguém foram 2 meses. Você me pergunta, mas porque?
Não é pq eu gosto de ser sozinha, livre e piriguete  posso fazer o que eu quero. Gostar, eu gosto, só que cansa.

Isso mesmo, cansa.

As vezes vc só precisa de um abraço, de alguém para assistir filme junto, enfim. Tenho vontade de brigar por ciúmes, de ligar para dar boa-noite e de alguém para chamar de meu. Porém, eu sou uma pessoa que tem muito mais amigos homens do que meninas. Não sei, não gosto muito de amigas. São poucas as que assim eu considero, e ainda sim, não boto minha mão no fogo. Já botei e me queimei, feio. 3º grau no mínimo. (um dia falo sobre isso…)

Voltemos ao assunto… pelo fato de ter muitos amigos homens, comecei a pensar um pouco como tal e visualizar bastante da realidade masculina, aquelas coisinhas que menina sonha – ele nunca vai me trair, ele ta em casa dormindo, ele nunca ligou para a ex – são uns exemplos. A maioria dos meus amigos que namoram (veja bem, a maioria! Sempre tem a exceção) traem descaradamente, e eu não quero isso para mim. Seria uma questão de confiança? Com certeza.

Confiança. Pra mim, o quesito principal num relacionamento. Seja namoro, amizade, colegas e afins. É o resultado do conhecimento sobre alguém. Quanto mais informações sobre quem necessitamos confiar, melhor formamos um conceito positivo da pessoa.

 

Não vou prorrogar muito o assunto. Foi só um desabafo, porque eu estou sofrendo nesse quesito. Não consigo confiar mais em ninguém, e isso está me prejudicando.

Alguém tem uma fórmula ai?

Fórmula?

Beijos!

fotos e imagens: http://weheartit.com/